A evolução do Papel de Parede na Decoração

Criado na China cerca de 200 anos antes de Cristo, quando não passava de folhas de papel de arroz grudadas às paredes, o papel de parede virou febre no Brasil nos anos 50 a 70.

Mas, como tudo que importávamos, inicialmente o papel de parede era caro, dependia de mão de obra especializada e era de baixa qualidade; descascava, descolava, não era lavável, e logo caiu no esquecimento por aqui.

Agora, com a evolução da tecnologia e participação mais eficiente do Brasil nos mercados internacionais, o papel de parede voltou com tudo!

Com custos mais acessíveis, de fácil aplicação com colas a base de água (não deixam cheiro), laváveis e de alta durabilidade (com boa conservação podem durar por cerca de 8 anos), os papéis de parede viraram febre e podem ser colocados no quarto, na sala, no quarto, no lavabo e, claro, no quarto do bebê, onde fica puro charme!

Em fibras naturais, tecidos nobres, papéis emborrachados ou vinílicos super laváveis, essa nova geração de papel de parede pode ser aplicada inclusive em banheiros e cozinhas. Apostar em um papel de parede é dar personalidade à decoração.

Seja você discreto, tradicional, romântico, moderno ou alternativo, existe um papel de parede que é a sua cara!


Papel de Parede Retrô
Amostras de papéis de parede a venda on line em www.papeldeparededosanos70.com

Papel de Parede no Home Office

Papel de Parede Decoração

Decoração com Papel de Parede

Papel de Parede Preto e Branco
Papel de Parede Estampado

Papel de Parede de Zebra

Decoração Diferente

Papel de Parede Arabescos Branco

revestimento parede quarto

papel de parede paisagem

decoração com papel de parede

papel de parede floral preto e branco

Idéias de Decoração com Papel de Parede

Decoração com Papel de Parede


Créditos de imagem: Casa Abril, Style Files, Graham Brown, Set Comunicação, Minha Casa Minha Cara, Mundo do Papel de Parede, Blog da Reforma, Assim Eu Gosto, Casa e Jardim, Decoração de Cozinha, Not 1 e Fresh Home.

Comentários

Postagens mais visitadas