No mês dos Pais: Filho de Peixe...

Arquiteto finlandês naturalizado americano, Eero Saarinen nasceu em 20 de agosto de 1910, em Kirkkonumi, na Finlândia. 

Em 1923, a sua família, composta por seu pai Eliel, arquiteto renomado, sua mãe, designer têxtil, e sua irmã, mudou-se para os Estados Unidos, fixando-se em Bloomfield Hills, perto de Detroit, Michigan.

Entre 1929 e 1930 estudou Escultura na Grande Chaumière, Paris. Decidindo-se pela Arquitetura, em 1930, regressa aos Estados Unidos e se matricula na Universidade de Yale, concluindo o curso em 1934.

Com seu pai Eero fundou a "Saarinen and Saarinen" e juntos criaram inúmeros projetos até Eliel falecer no ano de 1950.

Em 1940 foi agraciado com dois prémios de Design de Móveis juntamente com Charles Eames por seu trabalho inédito com curvatura da madeira. Ele, Charles e Ray Eames e Florence Knoll foram grandes amigos ao longo de toda a vida, tendo seu filho inclusive recebido o nome de Eames.

Eero e Eames

Começou sua trajetória rumo ao sucesso a partir de 1947 quando ganhou o concurso de arquitetura para o "Jefferson National Expansion Memorial" em St. Louis. 

Saarinen trabalhando em maquete do Arco de St. Louis

A partir daí não parou mais de acumular prêmios e projetos que até os dias atuais são referência no mundo do Design. Projetou os laboratórios de Investigação General Motors em Warren, Michigan, cuja obra reflete a influência de Mies van der Rohe.

E ainda, projetou o Auditório Kresge no Massachusetts Institute of Technology; o Estádio de Hóquei da Universidade de Yale; o Terminal da Trans World Airlines (TWA) do Aeroporto John Fitzgerald Kennedy, em Nova Iorque; e o Aeroporto de Dulles, em Washington.

Terminal TWA do Aeroporto JFK-NY
Na área do mobiliário ficou conhecido principalmente pela coleção pedestal, composta por mesas e cadeiras com o menor número possível de pernas, conhecidas popularmente pelo nome Tulipa.

Eero Saarinen e Equipe trabalhando no Pé Pedestal

Coleção Pedestal

Mesa Pedestal com tampo original em Mármore

A cadeira Womb, precursora na indústria moveleira no uso de fibra de vidro e resina, e a Cadeira Executiva, versão reduzida daquela.

Saarinen testando sua Womb Chair

 


Protótipos e Escalas Cadeira Executiva 
Cadeira Executiva com e sem braços

Faleceu em 1961. Sendo homenageado pós morte com a medalha do American Institute of Architects.


* Créditos de Imagem: Knoll Archive, Wikimedia e Cranbrook Archives.

Comentários

Postagens mais visitadas