Escolhendo o Ar Condicionado Perfeito!

O verão ainda nem chegou e já estamos sentindo uma prévia do calor que vem por aí! É exatamente depois de uma noite dormida que nem bife na chapa - virando de um lado para o outro na cama – que acordamos com a decisão tomada: “Chega! Eu quero um ar condicionado!”.

É isso aí! Parabéns por sua decisão! Mas você pesou tudo o que tem que saber para chegar a ela? Não, talvez? Não se preocupe: estamos aqui para ajudar e preparamos esse guia com dicas indispensáveis para a compra do seu ar condicionado sistema Split (mais comum).

Como calcular potência ar condicionado

Primeiro de tudo, se morar em apartamento, antes de se empolgar verifique no seu condomínio se é possível instalar uma máquina de ar condicionado em sua unidade. Muitos prédios não tem rede elétrica compatível com os aparelhos e não permitem que o condômino faça as alterações necessárias para adequá-la.

como fazer infraestrutura para ar condicionado

Superada essa questão, se o seu imóvel não possui infraestrutura pronta para receber um ar condicionado (os prédios mais novos já estão vindo com as passagens necessárias) saiba que você terá que enfrentar um quebra-quebra para instalar seu aparelho! Se já possui forro de gesso, isso fica um pouquinho mais simples, mas ainda assim será necessário quebrar um pedaço das paredes onde irão as unidades interna e externa e embutir a tubulação do dreno (cano de PVC de ¾), que deverá ir da unidade evaporadora (interna) até um encanamento de água pluvial ou ralo ambiente (jamais conecte a tubulação do dreno do ar condicionado à coluna de esgoto, pois isso pode causar o retorno do mau cheiro para dentro de sua casa).

“Meninas, eu estou disposto a encarar uma obra!” Ótimo! Então vamos seguir em frente:

Defina onde será colocada a máquina Condensadora (unidade externa). Novamente, se você mora em um prédio ou condomínio, consulte as regras para se certificar de que a máquina pode ser instalada por fora do unidade, na fachada do edifício. Se não puder, nada impede que você mantenha o aparelho dentro de sua casa. Mas atenção! A unidade condensadora trabalha com troca de calor, ou seja, ela puxa ar fresco para dentro do aparelho e devolve para o ambiente ar quente. Daí são necessários dois cuidados: a condensadora deve estar posicionada de forma a ter acesso ilimitado a ar fresco (em sacadas ou próxima/em frente à janelas); e deve estar em local distante da unidade evaporadora, para não comprometer seu resultado: Não adianta nada deixar a evaporadora ligada refrescando o ambiente se o calor da condensadora for liberado no mesmo espaço! E, a propósito, sim, a condensadora aquece muito mesmo!

Outra coisa, se o aparelho for do tipo inverter, ou seja, funcionar como ar condicionado e aquecedor, na função de aquecimento a unidade Condensadora precisará escoar a água formada pelo degelo resultante do funcionamento da Evaporadora. Isso é normal, mas é mais um ponto a pesar quanto ao local de instalação.

“Ok, então eu já vi no meu condomínio e posso colocar um ar condicionado no meu apartamento, estou disposto a encarar a obra necessária para isso e tenho uma sacada que não uso onde vou colocar a unidade condensadora!”

Que maravilha! Agora você está a um passo de ter o seu próprio ar condicionado! Só falta decidir qual o aparelho irá comprar!

A primeira providência é pensar quais ambientes terão ar condicionado. Mesmo que você não pretenda comprar aparelhos para todos eles agora, é importante planejar com antecedência, assim você já faz a obra toda de uma vez, e não terá que passar por isso novamente quando resolver colocar mais uma máquina. Além disso, já existem hoje no mercado unidades condensadoras que podem receber mais de uma evaporadora. Ou seja, você pode ligar o ar condicionado dos quartos e da sala em uma única máquina externa.

Por isso, pense com calma e já adquira uma máquina, bi-split (para dois splits – evaporadoras), tri-split (para três splits – unidades evaporadoras) ou multi-split, de acordo com sua necessidade.

bi tri split

Resolvido isso, resta calcular a potência necessária para refrescar adequadamente cada ambiente e, com base nela, definir a unidade condensadora.

A unidade de medida de potência do ar condicionado é o BTU (unidade térmica britânica), e geralmente varia de 7.000 até 30.000. Só para ter uma idéia, um aparelho de 7.000 BTUs deve resfriar bem uma área de até 9m2. 10.000 BTUs devem dar conta de 15m2. Para áreas maiores, de 30m2 a 40m2, provavelmente serão necessários 18.000 BTUs. Mas o cálculo deve levar em conta a área do cômodo, quantas pessoas costumam ficar nele, o número de janelas e portas por onde o ar frio poderá escapar, a altura do cômodo e o tipo de insolação que costuma receber (sol da manhã, mais fresco, ou da tarde, mais quente) e o número de aparelhos eletrônicos e lâmpadas que emitem calor no espaço.

As lojas que vendem aparelhos de ar condicionado podem fazer o cálculo para você, mas, se preferir, existem diversas calculadoras de BTUs na internet. Nós gostamos muito da calculadora do site da Consul (clique aqui para ir para lá).

Pronto! Agora você já sabe tudo o que precisa saber para escolher o seu ar condicionado e dormir gostoso nesse verão. Só resta procurar uma loja tradicional no mercado que venda e também ofereça o serviço de instalação do aparelho. Isso sempre facilita (procure opiniões de compradores na internet e não tenha medo de consultar o Procon e o Reclame Aqui). Ah! E pesquise os preços! Eles variam muito de loja para loja e vale a pena pechinchar. Muitos vendedores cobrem o preço da concorrência, por isso, não precisa comprar no lugar mais barato se não sentiu muita confiança na empresa... Leve o orçamento para a loja de sua preferencia e veja o que eles podem fazer por você.

Só nos resta desejar boa sorte com sua compra, e qualquer dúvida entre em contato com a gente!

como escolher o ar condicionado ideal


*Créditos de Imagem: Superior Insulation CO., Portal Eletricista, Ebay, AqCinc

Postagens mais visitadas