10 Dicas para Quartos de Casal Pequenos

Infelizmente, os dormitórios cada vez menores são uma realidade nas plantas imobiliárias atuais. O encolhimento tem razão de ser: com a valorização do viver integrado e o resgate do convívio familiar, as áreas comuns tem ganhado cada vez mais espaço, em detrimento dos quartos, que devem ser encarados como simplesmente o local de dormir.

Entretanto, não é por isso que você deve se ver refém de um espaço que não te agrade ou te faça se sentir bem!

Para ajudar a transformar seu quarto pequeno em um verdadeiro oásis de casal, valorizando o conforto, aconchego e bem estar, separamos 10 dicas para você colocar em prática já!

1 - Cores Claras
Brancos, beges, cinzas e outras tantas cores claras são a melhor pedida na hora de decorar um ambiente pequeno. Isso porque dão a sensação de amplitude, além de ajudarem a aumentar a claridade e iluminação do local, já que um problema comum em quartos pequenos são as janelas pequenas.


Se quiser, existem no mercado tintas com partículas que refletem a luminosidade local, maximizando essa sensação de claridade e amplitude.

A regra das cores claras se aplica não só a tinta, claro, mas também aos revestimentos, tecidos e demais materiais utilizados na decoração do quarto.

    

2 - Espelhos
Os espelhos são os maiores aliados dos espaços pequenos! Com a reflexão, eliminam as barreiras das paredes, dando a impressão de que o espaço é infinitamente maior. Além disso, também ajudam a refletir a luz e a claridade, e, como vimos, luz = espaço quando se trata de decoração.

No quarto, o espelho pode revestir paredes e portas de armário, e pode aparecer até mesmo nos móveis.


Segundo o Feng Shui, técnica chinesa que busca maximizar as energias positivas de um ambiente, espelhos que refletem a cama ou, especificamente, a pessoa dormindo, são negativos e podem desequilibrar a energia da pessoa, que passa a dormir mal. Seja por que razão for, realmente, muitas pessoas se sentem desconfortáveis ao se verem refletidas quando estão deitadas em suas camas, então, procure evitar esse desconforto.

Boas posições para o espelho no quarto de dormir são ocupando a parede sobre a cabeceira da cama, ou correndo em suas laterais, acompanhando a projeção dos criados mudos.



3 - Criados Mudos Enxutos
Falando em criados mudos, nem pense em abrir mão de um deles e encostar a cama de casal em uma parede. Isso só vai fazer seu quarto parecer ainda menor! O pensamento imediato ao olhar essa configuração é: "nossa, o quarto é tão pequeno que a cama teve que ficar encostada na parede!".

Além disso, esse layout irá prejudicar profundamente quem estiver dormindo encostado à parede, que precisará fazer uma verdadeira ginástica sempre que precisar sair da cama, e em último caso, o próprio casal, já que o ocupante do lado oposto acabará sendo acordado sempre que aquele precisar levantar.

Por isso, ergonomia é fundamental. Tente respeitar no mínimo dos mínimos 45cm em cada lado da cama para passagem. 

   

"Ah, meninas, mas queria tanto uma cama king...." Se sua cama king significar reduzir abaixo dessa medida a circulação ao redor da cama, nossa orientação é abandonar a idéia: aposte em uma cama queen mesmo, que já é maior que a cama casal padrão e garantirá o conforto do casal mesmo quando não estiver deitado.

Pensando na circulação mínima acima, aposte em criados mudos enxutos, que não façam volume e não entulhem o espaço ao redor da cama. Já existem diversos modelos no mercado com 30 ou 40 centímetros... E você também pode optar por apoios alternativos, como bancos, malas, escadas e prateleiras.



4 - Luminária na Parede
Em decorrência da dica número 3, seu criado mudo provavelmente não terá muito espaço sobrando, e, como iluminação é fundamental em ambientes enxutos, esqueça o bom e velho abajur e a luminária de mesa, e aposte em modelos de parede ou teto.


Pendentes sobre os criados mudos ficam lindos, trazem o conforto de uma luz indireta, e não comem espaço nos apoios ao lado da cama!


5 - Suspenda os Móveis
Essa dica é mais uma que se baseia na sensação. Ilusões de ótica são fundamentais na decoração de ambientes pequenos e suspender os móveis é uma das maneiras de ajudar a criar a ilusão de que seu espaço é maior.

Isso porque, quando você suspende o móvel, prendendo-o na parede, você vê muito mais chão do que veria se eles estivessem apoiados no piso, e na sua cabeça isso significa que, apesar da mobília, toda aquela área está livre.... Logo, seu quarto é muito maior do que você imaginava!


Além disso, nos locais onde não há nada apoiado ao chão existe um pouco mais de espaço para os pés, o que também facilita a circulação.

Criados mudos, racks, buffets, escrivaninhas e até mesmo a cama podem ser suspensos, ou parecer suspensos.


6 - TV na parede
Se você é daqueles que não dispensa a TV no quarto (cá entre nós: a gente também não!) o lugar dela é na parede!

Fixe com um suporte e oculte a fiação com um lindo painel. Além de ganhar espaço (o rack ou móvel sob ela poderá ser bem mais estreito) isso também evita acidentes.


7 - Cama Baú ou com Gavetas
Em apartamentos ou quartos pequenos, arrumar um espaço extra de armazenamento é fundamental. Nosso coringa preferido para essas situações é a cama-baú, que sob o colchão pode guardar malas, edredons, livros, caixas de documentos, etc. Tudo em um compartimento secreto que só tem vantagens! 

Mas você também pode aproveitar a base de sua cama com gavetas embutidas na marcenaria ou com containers com rodízios sob o boxe.

   

8 - Guarda-Roupa com Portas de Correr
A configuração mais comum em quartos enxutos é posicionar o guarda-roupa na lateral da cama. Por isso, a melhor opção para manter a circulação preservada é apostar em portas de correr, que não ocuparão nenhum centímetro a mais quando abertas.


Essa é a melhor escolha mesmo quando levamos em conta que o armário com portas de correr deve ser um pouco mais profundo que o de portas de abrir convencionais. 

9 - Abaixo o forro de Gesso
Se o pé direito do seu apartamento já está próximo de 2,6m, talvez você deva considerar não utilizar forro de gesso no seu quarto.

Isso porque ele irá trazer o teto para no mínimo 15cm abaixo dessa medida e você acabará com a sensação de que o dormitório é ainda menor por causa do achatamento causado pelo teto baixo.

O ideal para espaços pequenos, portanto, o ideal é abdicar do forro de gesso, pintar o teto de uma cor clara e apostar em trilhos de iluminação na hora de distribuir a luz pelo ambiente.


10 - Persiana
Embora cortinas sejam lindas e ajudem a trazer conforto e aconchego a um quarto, na hora de maximizar o espaço do seu dormitório a escolha ideal são as persianas, que tem muito menos volume e descem rentes à parede.

Persianas modelo romana podem ser mimosos e trazer um pouco daquela comodidade que você busca.

Para esconder a engrenagem, aposte em cortineiros embutidos no gesso (se for rebaixa-lo) ou bandôs.


Como sempre em decoração, existem as regras, mas também existem as particularidades de cada caso, além das expectativas de cada pessoa que habita o espaço. Assim, você pode seguir esse guia para maximizar a sensação de amplitude de seu quarto, mas jamais aposte em uma solução que não faça você se sentir confortável! 

A sua casa deve ter a sua cara e refletir o seu estilo!

*Créditos de Imagem: Casa Vogue, Decor Fácil, Decor Fácil, Decor Fácil, Tua Casa, Tão Feminino, Achados de Decoração, Casa Jardim, Mulpix, IDA Interior Lifestyle, Decor Fácil, Histórias de Casa, Decor Fácil, Minted, Viva Decora, Casa Vogue, Bolig Magasinet, Casa de Valentina, Arquitrecos, Casa Vogue, Casa.com, Casa.com, Monise Rosa, Decor Fácil, Real Simple, Casa.com, Decor Fácil, Casa.com, Sara Tozi, SP Studio, Casa.com, Casa.com.

Comentários

Postagens mais visitadas