Moises, Mini Berços e Co-Sleepers

Sempre que o casal recebe a notícia de uma gravidez a alegria é enorme! Qual o sexo, o nome, quanto tempo, os exames e o pré-natal estão em dia...? São muitas as perguntas e preocupações.

O primeiro pensamento que se segue então é: o quarto do bebê! O berço, a cômoda, enfeites, papel de parede... na ânsia de montar o quartinho do bebê dos sonhos muitas vezes nos esquecemos que os três primeiros meses de vida do bebê são extremamente desgastantes para mamãe e o papai. As mamadas a cada duas a três horas, a insegurança, a preocupação com a saúde daquela pessoinha que ainda não conhecemos direito, o cansaço... físico e mental...

Uma idéia que pode ajudar muito nessa fase é incorporar um berço no quarto dos pais. Isso ajuda a diminuir sua ansiedade e insegurança, facilita muito na hora das mamadas e ainda evita muitas topadas no escuro, a caminho do quartinho do bebê.


Mas não estamos dizendo para você abrir mão de um quarto para seu pequeno! Aliás, a partir do segundo, ou no máximo terceiro, trimestre de vida, é super importante o neném dormir em sua própria cama (berço), para desenvolver e se adaptar a sua própria rotina. Ter um espaço próprio ajuda a criança a se desenvolver com confiança e com a dose certa de independência e coragem que ela precisará ter para dar os primeiros passos de sua vida.

Mas, voltando ao primeiro trimestre, nunca, jamais, em hipótese alguma coloque um bebê tão pequenininho para dormir na sua cama com vocês. O risco de sufocamento e de lesões é enorme! Que tal investir então em um moisés, mini berço, ou co-sleeper? Hein?! O que é isso? A gente explica!

Moisés é aquele tipo de cesto que existe desde sempre! Ele é um espaço horizontal, pequeno, com tamanho suficiente para crianças de 0 a 6 meses, no máximo, e que geralmente tem uma alça para transporte. Muitos carrinhos de bebê de hoje são 2, 3 e até 4 em 1, e já vem com um Moisés no conjunto.



Mini Berço é exatamente o que o nome diz: um berço de pequenas proporções, desmontável ou não, de variados materiais, com pés altos e, normalmente, grades fixas.

   


O Co-sleeper (ou berço acoplado) é um mini berço em que uma das grades não existe ou pode ser removida para se acoplar à cama dos pais. Os colchões da cama e do berço ficam nivelados e sem espaço entre si e ele tem um sistema que fixa a peça à cama, para evitar deslocamentos. Dessa forma, bebê e pais podem experimentar a sensação de dormir na mesma cama, mas com total segurança para a criança.



Na prática, você acabará encontrando uma confusão entre os produtos vendidos e os nomes anunciados... é normal achar um mini berço divulgado como co-sleeper, ou um Moisés sendo chamado de mini berço. Por isso, não se preocupe com denominações nesse momento, mas sim com as suas necessidades.

Pense primeiro se vale a pena investir nesse tipo de produto. Se você é mamãe de primeira viagem, não se deixe levar pela opinião de amigos e familiares, cada bebê é único, e se comporta de forma diferente. A dica vale então mesmo para quem já tem filhos e está esperando outro...

Uma opção interessante é investir em um carrinho de bebê que já venha com Moisés e usar a função nos primeiros dias: não está sendo muito útil? Ainda bem que você não fez um investimento maior em um mini berço de cara! Está fazendo toda a diferença? Então compre um mini berço ou co-sleeper para utilizar ao longo do primeiro (e talvez segundo) trimestre.


"Ah, meninas, não posso continuar usando o Moisés?" Infelizmente não... Os moisés foram desenvolvidos para auxiliar no transporte dos bebês enquanto eles estão dormindo, ou para manter-los por perto durante sonecas rápidas.

Não só eles não tem o estofo e suporte necessários e indispensáveis para o bebê nos primeiros meses, eles também não tem pés, e devem ser mantidos sobre outros móveis, o que é extremamente inseguro quando seu filhote começar a crescer e se movimentar.

Apesar da utilidade, muitas pessoas questionarão essa escolha, "eu não fiz assim", "isso é frescura", "que bobagem"... Bem, lamentamos informar mas, a partir do momento que vocês se tornaram pais, naquele primeiro resultado do BetaHCG, mais e mais pessoas vão tentar dar conselhos e ensinar vocês a criarem seu bebê. Embora conselhos sejam sempre bem vindos, lembrem-se sempre que só vocês podem decidir o que é melhor e o que é pior para vocês e o neném. E que para tantas pessoas dizendo que uma coisa é besteira, outras tantas dirão que é importante.

Por isso, a decisão é de vocês e baseada no que vocês estão vivenciando nesse momento de suas vidas!

Seja com o bebê no seu quarto, seja com ele dormindo no próprio quartinho, desejamos muita saúde e alegrias para vocês!


* Créditos de Imagem: Você Precisa Decor, Sarah Sherman Samuel, Plum + Sparrow, The Bump, Mumfidential, Crystal Palecek, El Mueble, Apartment Therapy, Hush Cradles, Natalie Leah and Josh, Eef Lillemor, NCT Nest, Cup of Jo

Comentários

Postagens mais visitadas